terça-feira, 17 de janeiro de 2017

2017: Família vai aumentar

Oiieee gente,....

Bom, mais um ano se passou com poucos (quase nenhum) post aqui no blog, mas continuo recebendo bastante visitas, mesmo sem postar. Cheguei a pensar em parar com o blog ja que não estou conseguindo atualizar da maneira como gostaria,... mas acho que esse dia ainda não chegou.

Bom, ainda não é tarde para desejar a todos os leitores um FELIZ ANO NOVO!

2016 foi um ano bem especial para nós, cheio de surpresas e emoções: emprego novo (eu), nos tornamos cidadãos canadenses (uhuuuuu!!!!!), visita da minha família (mãe e dinda). Com relação a casa, não começamos ou terminamos nenhum projeto - não por falta de idéias, mas sim por falta de tempo (como sempre!).

Para não dizer que não fizemos nada na casa, conseguimos achar as cadeiras e as luminárias que eu queria para a bancada da cozinha.

Mas o acontecimento mais importante de 2016 foi receber a notícia de que a família de Mala e Cuia vai aumentar,... e não é mais um cachorro! Nós vamos ter um baby!!!!!!!

Ainda não sabemos se será menino ou menina, mas no último ultra-som foram feitas todas as medições do/da baby e o desenvolvimento e formação estão muito bons. Assim que souber o sexo do bebê, compartilho aqui com vocês!



Já estamos na semana 22! Passa tão rápido!

Estamos muito felizes com essa nova etapa da nossa vida. Com certeza temos muito a aprender sobre gravidez e bebes. Estamos visitando lojas de bebês,.... lendo livros (recomendação de uma amiga que ja tem 2 babies).

Decidimos que os móveis do quarto do bebê serão brancos (berço, cômoda/trocador) e a decoração será de acordo com o sexo.

Já compramos/ganhamos algumas coisinhas, o carrinho com bebê conforto, baba eletrônica, algumas roupinhas, perfume mamãe e bebê da natura e cadeira de descanso. Muito obrigada aos amigos e familiares que nos mandaram as lembrancinhas! No próximo post coloco aqui as fotos e explicações do que e o porque escolhemos cada um desses items.

Acho que estou mais inspirada e motivada a escrever,... vamos ver se consigo manter o blog.

O Kleinburg Diaries também esta no ar,... no último post apresentei a Kiki para os "gringos". Clique aqui para ver as fotos. E se quiser ver o primeiro post de 2017 no Kleinburg Diaries, clique aqui!



Até mais!

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Alguém por aí?

Oiieee gente,...

Alguém por aí? ... Eu sei,... eu sei,... mas aqui estou novamente.

Muita coisa aconteceu durante esses meses que não apareci por aqui, mas os três eventos que tenho que ressaltar são: visita da minha família (mãe e tia) com direito a roadtrip para NY para encontrar a minha irmã e meu cunhado, finalizamos o processo de cidadania com a Cerimônia/Juramento e passamos nosso primeiro Canada Day (1 de Julho) como Canadenses.

O fato de termos nos tornado cidadãos foi muito importante pra nós, eu senti como se o processo de imigração tenha efetivamente chegado ao seu fim. Com certeza é o fim de mais um ciclo.

Bom, continuamos morando na mesma casa. Tivemos nossa inspeção de 1 ano em Janeiro e felizmente apenas correções "cosméticas" foram necessárias (nada estrutural) - por exemplo: como a casa é feita de madeira, com o tempo alguns pregos começam a aparecer e algumas rachaduras na pintura - a casa precisa "amadurecer". O construtor consertou os lugares que tínhamos marcado, eles aplicam mais uma camada de "massa corrida" nos lugares indicados.

OK, e a pintura??? Ahhh, isso não faz parte da obrigação dele segundo o Tarion (órgão que regula os deveres e obrigações dos construtores para quem compra uma casa nova).

Respira fundo umas 5 vezes e vamos la. Conversei com os trabalhadores que vieram aqui em casa e eles foram tri legais: me deram dicas de como proceder para pintar e também nos deram um pouco da mesma tinta que foi usada para pintar a casa (tanto para as paredes quanto para o teto). Agora nosso trabalho é lixar e pintar essas pequenas áreas.

Em mais uma visita a Home Depot (loja de materiais de construção e outras tantas coisas) compramos o equipamento - lixa, pincéis e outras tranqueiras necessárias. Nós levamos em torno de 2 horas dentro da loja tentando entender qual o pincel,... qual a lixa,... enfim, sobrevivemos!

Agora é mãos a obra! Veja algumas fotos antes de começarmos os trabalhos:






Volto logo com o resultado final e mais alguns posts explicando como nosso processo de cidadania aconteceu! Quer ver mais fotos? Confere no Kleinburg Diaries!

Até mais!

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Bye,... tchau 2015!

Oiiee gente,...

Pois é, chegamos ao final de mais um ano e esse ano foi muito especial e importante para nós. Na verdade, todos os anos foram importantes e especiais, cada um da sua maneira.

Esse ano recebemos a nossa tão sonhada e esperada casa!!!! Foram tantas dúvidas, decisões, reconsiderações, recomeços e .... aqui estamos.

Olhar ao nosso redor e ver a casa que tanto sonhamos se tornar realidade é muito bom,... mas vê-la sendo um lar é a felicidade plena!

Aprendemos muito nesse ano: aprendemos a instalar os eletrodomésticos, aprendemos muito sobre a manutenção da casa,... quase matamos nossa grama,... salvamos nossa grama, fizemos alguns churrascos.

Eu tinha muitos planos & projetos para os blogs e para a casa, mas infelizmente não tive tempo para tudo. Mas não posso reclamar, nós realizamos bastante coisas esse ano e espero que em 2016 eu tenha mais tempo para projetos e para o blog.

Aqui estão alguns momentos que marcaram nosso ano:

  • mudamos para nossa casa;
  • tivemos momentos maravilhosos com nossos amigos;
  • visitamos nossas famílias no Brasil;
  • visitamos as lojas de material de casa, construção e decoração com muita frequencia;
  • nós fizemos duas viagens (road trips) para os EUA: Frankenmuth e New York (posts já no forno);
  • nosso primeiro Halloween foi tri legal;
  • o clima de Natal ainda está presente aqui em casa (adoro o Natal!)


Dia da mudança

Montando os móveis


As cortinas de papel (temporárias),.... que ainda estão lá!

Nosso Halloween

Natal!

Quer ver mais fotos, confere lá no Kleinburg Diaries.

Muito obrigada por todo o apoio de vocês! E desejamos que 2016 seja um ano repleto de saúde, paz e prosperidade!

Até mais!

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Nosso Primeiro Halloween!

Oiiee gente,...

Como mencionei no post passado,... sei que estou postando pouco, mas ainda não desisti do blog.

Hoje quero compartilhar com vocês nosso primeiro Halloween na casa nova e também foi nossa primeira vez com as atividades de Trick or treat (doces ou travessuras).

Sei que muitos vão me perguntar, como assim primeira vez se já moramos no Canada há 4 anos. Eu explico: antes morávamos em uma apartamento em Toronto e as crianças não iam de porta em porta pedindo doces. O pessoal do prédio organizava uma festinha para as crianças no saguão, então sempre ajudávamos levando doces. Mas até esse ano, não tinhamos tido a "real experiência".

Compramos algumas decorações de Halloween na Michaels (estou definitivamente apaixonada por essa loja), Home Sense (outra paixão) e Dollarama.



Acho que no dia 31 nós dois (o marido e eu) estávamos mais ansiosos do que as crianças. Foi uma pena que choveu um pouco.

As crianças estavam na rua, sempre acompanhadas pelos pais, pedindo doces das 6 as 8 horas da noite. Um fato bastante interessante é que se você não quer participar (não quer dar doces para as crianças) é sé deixar a luz da frente da casa apagada. Todos respeitam e ninguém toca a campainha para pedir nada, nem fazer travessuras.

Nés decidimos nos fantasiar e esperar as crianças na frente de casa. Acho que o marido acabou assustando a gurizada com a fantasia e a caveira que ele estava segurando.


Adorei nosso Halloween e espero que o ano que vem seja ainda melhor!

Quer ver mais fotos do nosso Halloween?... Confere no Kleinburg Diaries!

Até mais.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Cortinas de Papel????

Oiiee gente,...

Obrigada pelo carinho de vocês no post anterior. Sei que não estou escrevendo com a frequência que eu e vocês gostariam, mas eu ainda não desisti do blog,.... devagar e sempre, né?

Hoje decidi escrever sobre algo que é muito comum no Canadá, mas na verdade eu nunca havia visto ou ouvido até nos mudarmos para a nossa casa. Eu estou falando das cortinas de papel.

Antes de mudarmos para nossa casa, nós alugamos um apartamento pequeno em Toronto (bem perto do metro) e eu ficava preocupada em instalar qualquer tipo de cortina porque eu não queria furar a parede. Na verdade, eu não queria dar motivos para que fossem nos cobrar para arrumar o apartamento no final do contrato (e serviços custam caro nessa terra!!!)

Eu e o marido não sabiamos da existência das cortinas de papel que aqui são chamadas de temporary shades. Elas são uma ótima solução - temporária - para ter algum tipo de cobertura nas janelas. Elas vão te dar um pouco de privacidade até que você decida qual estilo de cortinas você vai querer.

Compramos as nossas cortinas na Home Depot são da marca Redi Shades. Não é necessário nenhuma ferramenta para intalação. Nós usamos um estilete para cortar de acordo com as medidas de cada janela. Elas vem com uma tira adesiva na parte de cima para grudar na janela.


No início nossas cortinas ficavam caindo bem seguido e o marido e eu não entendiamos o que estava acontecendo. Chegamos a pensar que as cortinas não eram boas. Aí lembrei que uma amiga havia mencionado que tinha essas mesmas cortinas (há bastante ) e nunca teve problemas. Ela me mandou uma foto da cortina dela e então eu percebi que eu havia colado as cortinas no lugar errado.

Desde então, cada vez que uma delas caía, agente re-colava no lugar correto!

Você encontra diferentes estilos dessas cortinas, nós compramos as brancas para a nossa casa, mas eles também tem o "blackout"que impede a luz de passar por completo.

Como já falei antes, esse tipo de cortinas são ótimas soluções temporárias e elas são baratas. É uma boa forma de ter privacidade e não ter que gastar muito.

As nossas ainda estão "firmes e fortes" hahaha. Gosto de ter a opção de coloca-las para cima para deixar a luz natural entrar na nossa casa.


Essa foto foi tirada em Fevereiro - olha a neve na rua.

Querem ver mais fotos de como ficaram as cortinas de papel? Confere lá no Kleinburg Diaries....

Até mais!